QUAL É O SEU DIFERENCIAL DO BATMAN?

Você já parou para prestar atenção na quantidade de informação que existe nos diferente canais de comunicação? São milhares de empresas disputando por um pouco de atenção do seu público. Porém, a velocidade da qual essas informações vão aparecendo é tanta que às vezes as empresas esquecem de se diferenciar dos outros, se tornando apenas mais um na multidão. 

 

Eu tenho uma teoria sobre como se destacar e gostaria de compartilhar ela com você te fazendo uma pergunta: Qual é seu diferencial do Batman? 

 

Bom, primeiro, vamos entender melhor a história de Bruce Wayne. Ele era um menino quando seus pais, em um assalto, foram assassinados. Ele assistiu tudo e precisou lutar sozinho para sobreviver. 

Seu pais deixaram uma boa herança, que poderia ser utilizada como ele bem entendesse. 

Bruce Wayne é um exemplo ótimo de foco. Ele quis se transformar em um herói para acabar com a criminalidade que matou seus pais. Mas o que ele fez para, mesmo sem poderes especiais, ser considerado um herói? 

MUITO TREINO 

Bruce Wayne precisou treinar muito, ganhar massa, se esforçar e dedicar toda a sua vida a fortalecer o próprio corpo para conseguir lutar e combater o mal. O que podemos aprender com isso? É preciso uma base sólida para dar start em algo. Você precisa de tempo para planejar, testar e criar os planos certos para seu negócio, assim como o Batman precisava de um corpo forte para conseguir combater o mal. 

ESTUDOS 

Outra característica admirável do Bruce é sua inteligência. Muitos dos equipamentos dele, foram criados por ele mesmo. Ele precisou de muito estudo, pesquisa e teste para conseguir chegar no equipamento ideal para compor seu disfarce de herói. 

No caso de uma empresa, isso mostra que precisamos ter “bons equipamentos”. É preciso encontrar pessoas qualificadas, bem treinadas, com conhecimento técnico, mas principalmente empatia com o cliente. É preciso saber falar, atender e recepcionar quem chega em seu estabelecimento. Hoje é tão difícil encontrar empresas com um bom atendimento, que isso já seria um bom diferencial de destaque. 

INVESTIMENTO 

É muito importante lembrar que, mesmo depois do negócio aberto, precisamos continuar investindo em melhorias para ele. O Batman gastou muito dinheiro no primeiro investimento feito para criar todos os seus equipamentos, porém, ele continuou investindo em manutenção, novas tecnologias e até mesmo estética. Na sua empresa não é diferente, tenha sempre um capital separado para possíveis problemas que precisarão ser resolvidos com urgência e continue sempre investindo em possíveis melhorias do seu estabelecimento, deixando-o mais atrativo. 

 

Assim como o Batman, precisamos de investimento em ESTUDOS, TREINAMENTO E DINHEIRO para nosso negócio. São muitos heróis na rua, como fazer para deixar de ser mais um e se tornar o principal? Como fazer para sua empresa não ser mais uma porta na rua e se tornar o local mais frequentado do seu segmento? 

 

Reflita! 

CAITO MAIA: Um case de sucesso QUENTE

Engana-se quem pensa que vender é algo fácil. 

Para vender é preciso talento, confiança e muita segurança, coisa que Caito Maia tem de sobra. Caito começou com o que seria um sinal da Chilli Beans em meados de 1994, viajando para Nova York com as malas vazias para conseguir trazer óculos de sol para revender no Brasil. O projeto começou a dar tão certo que, em pouco tempo, surgiu a Blue Velvet, uma atacadista de óculos. Porém, a empresa foi a falência logo em seguida. Caito conseguia atingir boas vendas, porém a Blue Velvet ainda não gerava fluxo de caixa, o que dificultou o negócio. 

O fator principal que o levou a fechar as portas, foram dois calotes que clientes da época deram no empresário. Isso o obrigou a buscar por novas oportunidades. 

 

Com tudo perdido, foi preciso resgatar o que havia sobrado da falência, então Caito juntou tudo que havia sobrado e montou um estande no Mercado Mundo Mix, que era um evento itinerante criado nos anos 90. Para que ele conseguisse se posicionar dentro do evento, foi preciso criar uma marca com uma identidade visual marcante, sendo assim, a Chilli Beans nasceu em 1997. 

 

Hoje em dia, com o conceito fast-fashion, a rede fatura cerca de R$ 600 milhões e possui mais de 800 lojas. 

 

Uma curiosidade sobre a vida de Caito, é que na época que ele importava óculos para o Brasil, alguns de seus clientes eram artistas referência na época. Caito sempre gostou de música e principalmente do estilo ROCK, então ele até hoje traz lançamentos para sua marca inspirados no mundo musical, como a linha de óculos assinada pelo Lenny Kravitz. 

A Chilli Beans é a maior prova de que precisamos estar sempre inovando e procurando novas inspirações para nossos negócios, pois nem sempre vamos acertar de primeira. O importante é nunca desistir, se mantendo firme no propósito e a cada queda, tirar novos aprendizados que possam nos ajudar futuramente. 

 

Então, caso você esteja abrindo seu próprio negócio ou tenha vontade de empreender, lembre que esse mundo é para quem tem garra e força de vontade pois, muitas vezes, vamos cair e querer desistir, porém isso não é aceitável dentro do empreendedorismo. 

 

E aí? Você está pronto para mudar o rumo da sua história? 

CORONAVÍRUS: OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO?

Enquanto assistimos muitos fechando suas portas durante a pandemia, também foi possível ver novos empreendedores surgindo e crescendo em meio a crise. Com isso, podemos concluir que o mercado acolhe quem faz de limões, uma limonada. Mas como está o cenário empreendedor no momento? É isso que vamos analisar nesse artigo e te contar. 

 

Com o início da pandemia, muitas empresas foram obrigadas a mudar sua forma de trabalhar. Processos precisaram ser criados, e os que já existiam, precisaram ser adaptados para comportar as necessidades de um home office, por exemplo. Mas será que as pessoas estavam preparadas para isso? Foi preciso uma transformação digital imensa para atender todas as necessidades que a pandemia gerou e até certo ponto, as pessoas lidaram bem, porém outras, tiveram muita dificuldade. Mas da mesma forma que isso foi ruim para alguns, abriu muitas portas para outros. 

OPORTUNIDADES DURANTE A PANDEMIA

Por conta do fechamento de muitas lojas, demissões aconteceram. Isso levou pessoas que antes estavam estagnadas e vivendo bem em sua zona de conforto a seguirem seus sonhos. Muitos abriram seu próprio negócio para poder sobreviver. A pandemia deu um pontapé no início da era do empreendedorismo. Muitos aproveitaram as aulas online para se especializar e estudar sobre sua área, enquanto faziam o que era preciso para sobreviver. 

Estamos vivendo um período em que novas microempresas estão surgindo e precisando de uma força para levantar. Divulgação, produtos de qualidade e muita força de vontade são ingredientes essenciais para que algo que começou em uma fase tão ruim, possa vir a se tornar um case de sucesso. 

O que preciso para me destacar e crescer? 

O primeiro passo já foi dado. Não é fácil pegar o pouco dinheiro que restou e investir em algo tão incerto como o empreendedorismo, porém com força de vontade e empenho é possível seguir por caminhos turbulentos tirando apenas aprendizados. Agora é hora de estudar. 

Procure aprender mais sobre o mercado. O mais importante é saber atrair o público, vender, e encantá-los com seu produto ou serviço, pois a sua base sólida será sempre, seus clientes. 

Como atrair clientes? 

Hoje em dia, com a revolução digital causada pela pandemia, as redes sociais se tornaram ótimas aliadas na atração de pessoas para os negócios. Através de estratégias de Inbound Marketing, você consegue atrair, converter e encantar clientes. Identifique seu público alvo. No início, isso pode ser um pouco complicado, mas tente perceber o perfil de cada pessoa que compra com você hoje e traçar um padrão. Isso irá te ajudar na montagem de conteúdos e na abordagem necessária para converter e encantar novos clientes. 

Com o público alvo identificado, crie conteúdos de valor para eles. Abra uma página nas redes sociais, mostre o processo de produção de produtos, fale sobre curiosidades, dicas e novidades do seu mercado. Assuntos que podem mudar de alguma forma a vida e a percepção do seu público são de extrema relevância. 

 

Ao publicar um conteúdo, interaja com seu público. Peça que eles vejam, que eles acompanhem seu trabalho. Quando alguém comentar algo, retribua respondendo de forma educada. Lembre-se: Nem sempre virão apenas comentários bons, porém, quando algo que não te agrada aparecer, respire e responda de forma educada, sempre tentando reverter o pensamento daquela pessoa com relação ao seu trabalho. Ofereça um mimo, uma solução ou simplesmente diga que aceita a sugestão e que irá trabalhar para melhorar o que for necessário para atendê-la. 

 

São pequenas atitudes que vão encantando seu cliente e transformando-o em um promotor. 

O que é promotor? 

Promotor é aquela pessoa que divuga seu produto ou serviço, sem pedir algo em troca. Ele faz isso, por simplesmente gostar muito do que o foi oferecido. Clientes promotores, são ótimos pois é um tipo de marketing gratuito para você. Eles trabalham de forma que faz com que novas pessoas venham a conhecer e se encantar com seu produto, ajudando no seu plano de possível expansão. 

 

Em época de pandemia, precisamos estar atentos e nos cuidando sempre. Porém, é possível SIM fazer de um momento ruim, algo bom. Estamos vendo o crescimento de muitas pessoas que antes não acreditavam que fosse possível sair da zona de conforto. Nossa obrigação é apoiá-las e assistir ao crescimento do comércio local de camarote. E você? Como está transformando seus limões em limonada? 

Como alavancar suas vendas utilizando as Redes Sociais?

Você sabia que a América Latina é o local onde mais se usa redes sociais? Pois é, são tantas pessoas utilizando essa ferramenta que quase não conseguimos mensurar o tamanho da importância de ter essa informação. 

 

As redes sociais assumiram um papel crucial nas relações humanas, mas você acha que parou por aí? Claro que não! Elas estão presentes e, com muita força, nas relações profissionais também. 

 

Por isso, caso você seja empreendedor ou até mesmo colaborador em alguma empresa, você não pode ignorar o alto potencial que as redes sociais conquistaram no decorrer dos anos, pois elas são ótimas ferramentas para a realização de venda de produtos e serviços. Porém, não basta você sair colocando informações de forma massante e desorganizada. Existe uma grande competição dentro das redes sociais, por conta da quantidade de informação que é distribuída dentro dos canais, por isso, é preciso criar estratégias que o ajudem a se destacar dos demais, chamando a devida atenção do seu público. 

 

Neste post, vamos trazer dicas e sugestões do que fazer para se destacar e alcançar o verdadeiro sucesso de suas vendas. 

 

Temos diversas opções de redes sociais que pode ser usadas como nossas aliadas quando o assunto é vendas, como: 

  • Facebook 
  • Instagram
  • Linkedin 
  • Youtube
  • Twitter 
  • Pinterest 
  • Entre outras. 

Mas como se destacar nesses diferentes canais? 

O primeiro passo, é ter seu público alvo bem definido. Para isso, tenha personas bem desenhadas, para que futuramente seja possível produzir conteúdos mais elaborados e assertivos. Ao conseguir reunir essas informações, você pode começar a identificar onde seu público se encontra. Será que ele está no Instagram e Facebook? Ou Linkedin? As opções são diversas, por isso, é preciso estudar a fundo essa questão para não sair “atirando para todos os lados”. 

Como se destacar? 

O primeiro passo para se destacar é criar conteúdo relevante para seu público. Procure ensinar algo, falar sobre novidades do seu mercado ou então, abordar assuntos relacionados ao seu segmento. Isso, além de atrair mais pessoas para suas páginas, transmite credibilidade, mostrando para quem ainda não te conhece que você entende do seu produto e serviço. 

 

Outro passo importante, é entender quais são os melhores formatos para entregar o seu conteúdo. Por exemplo, vamos criar um público alvo fictício: 

“mulheres de 27 a 35 anos, que possuem família e filhos, e consomem produtos de marcas mais famosas que facilitem seu dia-a-dia.”

 Será que o formato ideal para essas pessoas é um texto blog? Será que ela terá tempo para dedicar a uma leitura extensa? Ou será que um podcast, onde ela pode ouvir a caminho do mercado, é uma opção melhor? Por isso é tão importante definir o público alvo no início de tudo, pois ele será sua base para realizar todas as suas ações. 

 

Depois de ter conteúdos e formatos definidos, é preciso pensar na sua apresentação. Como as pessoas vão ver sua empresa? A identidade visual é essencial para fazer com que as pessoas lembrem de você, tornando-o uma referência dentro do mercado. Tenha cores relacionadas ao seu negócio bem definidas, uma fonte para utilizar em artes de redes sociais e principalmente, um tom de voz. 

 

Você precisa saber como vai falar com seu público, tomando muito cuidado para não comunicar de forma errônea e desacordada com o tipo de pessoa que você quer atingir. 

 

Um ponto essencial que deve ser levado em conta também é, quando você publicar seus conteúdos, interaja com o público. Siga pessoas que seguem sua página, comente, curta suas publicações e principalmente, caso elas façam o mesmo com sua página, retribua, respondendo e interagindo com todos que demonstrarem interesse no que você está apresentando. 

 

Lembre-se, eles são potenciais clientes seus e precisam de atenção desde o primeiro contato com sua marca. 

 

Com essas dicas básicas, será possível começar a vender em suas redes. Mais para frente, vamos abordar esse assunto de forma mais detalhada, criando um guia completo de como vender nas redes sociais.